* ESLOVÉNIA : * Liubliana













ESLOVÉNIA

Depois de visitar a CROÁCIA, de atravessar esse País de Sul a Norte, chegamos à ESLOVÉNIA, e sentimos estar noutro tipo de espaço, de território e de gente, com um paisagem verde, o casario típico, a lembrar a casa de campo da Suiça e da Áustria. Sente-se uma aprazível quietude dos espaços planos. O aroma dos verdes. Um País tranquilo. Pode ser uma ideia feita, mas é a sensação que retive. Das grutas de POSTOJNA, ao Lago BLED, do profundo da natureza, até ao cenário calmo das águas tranquilas do lago, num matizado de azul/verde/turquesa, translúcido e cintilante, como se fosse aqui, a casa dos sonhos, das princesas e das fadas.
E a cidade de Liubliana, acolhedora, plana, em torno do rio, modelada pelas pontes. pelas casa senhoriais, pelas ruelas tranquilas, com o seu ar medieval, onde gente feliz passeia, de bicicleta, ou saboreia um gelado num dos cafés que ladeiam as ruas, onde se escuta musica ocasional, onde se pinta, ou simplesmente se contempla o rio no fim de tarde.
Subi à torre do Castelo e vi esta cidade doce e meiga, na planura de verdes e das águas tranquilas do rio e captei esses momentos de luz e fascínio, quer no meu imaginário, na minha memória, e nas fotos, que são sempre esboços, aquém do que se vê e sente, porque nada substitui o olhar e a emoção, embora sei que existem máquinas mais que perfeitas, que   vão um pouco mais longe, na nitidez e na cintilação, contudo são cópias ainda que exímias, do real.


Subpáginas (1) * Liubliana
Comments